Em cima da hora:
Queda de energia em Brotas deixa serviço da Defesa Civil fora do ar
-
  • Facebook
  • Twitter
  • Orkut
  • Feeds
  • Normas para comerciantes e foliões no Circuito da Micareta 2016


    26/04/2016 às 08:40h
    Recomendar
    Normas para comerciantes e foliões no Circuito da Micareta 2016

    Na reta final para os preparativos da Micareta, a Prefeitura de Feira de Santana, através da Secretaria de Trabalho, Turismo e Desenvolvimento econômico, estabeleceu em caráter oficial no último dia 21, as normas a serem respeitadas por comerciantes e foliões no circuito da festa. Buscando aumentar a segurança, evitar incidentes desagradáveis e preservar os direitos comerciais acordados, as regras serão asseguradas através de fiscalização intensa.

    Comidas e Bebidas

    Como já se tornou quase um mantra amplamente reproduzido todos anos, estarão proibidos a utilização e comercialização de espetinhos, garrafas e copos de vidros, pois, estes por serem pontiagudos ou cortantes, podem se tornar potenciais armas durante brigas e confusões durante a folia. As garrafas e copos devem ser substituídos por latinhas e utensílios plásticos. 

    Muito famoso, o churrasquinho "tradicional" na Micareta estará também fora do cardápio dos foliões, pelo menos para aqueles comerciantes que insistirem em fazer o petisco em churrasqueiras, pois, assim como os espetinhos, ela também não poderá estar no circuito da festa. Mas, lembrando que existem outros métodos para vender este prato, como o assado em chapas e servidos em pratos plásticos. 

    Os comerciantes também devem ficar atentos para os horários de reabastecimento do estoque, que foi estipulado das 7h às 11h, principalmente pelo fato que estão proibidos o trânsito de carros e carrinhos de mão, durante a realização da festa, coibindo assim a ação de ambulantes não oficiais e com a intenção também de assegurar maior conforto aos foliões nas vias da festa. 

    Para assegurar os acordos comerciais fixados entre a prefeitura e a cervejaria patrocinadora da festividade, estará proibida a comercialização de produtos de empresas concorrentes, por isso, os comerciantes devem estar atentos ao produto que irão fornecer, para não sofrerem penalidades. Também será proibido ao folião entrar no circuito da festa consumindo essas mercadorias. 

    Penalidades

    Haverá fiscalização durante toda a duração da festa e aqueles que forem enquadrados nas práticas citadas, sofrerão as penalidades de multa e apreensão da mercadoria. O infrator poderá após vinte dias corridos, a contar da data da publicação da Portaria, para retirar qualquer produto ou equipamento apreendido no Circuito da Micareta 2016. 



Os comentários e textos não representam a opinião do portal; a responsabilidade pelo blog é do autor da mensagem.
Folha do Estado da Bahia
Desenvolvido por Tacitus Tecnologia