Em cima da hora:
Queda de energia em Brotas deixa serviço da Defesa Civil fora do ar
-
  • Facebook
  • Twitter
  • Orkut
  • Feeds
  • Secretaria de Educação de Tanquinho desvia R$390 mil do Fundeb, denuncia deputado


    27/11/2012 às 06:20h
    Recomendar

    Desvio de R$390 mil de verbas do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica (Fundeb)da cidade de Tanquinho foi denunciado pelo deputado estadual Carlos Geilson (PTN) nesta terça-feira (27), na Assembleia Legislativa. Segundoo parlamentar, a irregularidade foi detectada no dia 14 de novembro, pelo Conselho Municipal de Acompanhamento e Controle Social do Fundeb.

    A ata da reunião atesta que o secretário de educação em exercício, Gilson Cordeiro, ligado ao prefeito Jorge Flamarion (PT), utilizou o dinheiro desviado para pagar outras despesas da prefeitura, como funcionários dasaúde. “E o secretário ainda admitiu que sabia que essa transação é ilegal,emesmo assim fez. É esse o jeito do PT de governar. Sabe que está errado, e mesmo assim faz, pelo menos esse admitiu, pior é quando se faz de desentendido”, criticou Geilson.

    O conselho ainda constatou que R$76.990,92 foi usado do Fundeb para pagar um reajuste de preços pelo Índice Nacional de Custo da Construção (INCC) de uma obra da unidade de educação. Na reunião, o secretáriojustificou dizendoque a obra durou doze meses e que, conforme contrato, a obra deveria ter umreajuste, e por isso utilizou o recurso do Fundo. Ainda de acordo com a ata, Gilsonqualificouo desvio comouma espécie de empréstimo e afirmouque tinha devolvido uma parte do dinheiroe, que até o dia 10/12/2012 toda quantia serápaga.

    Fonte: Assessoria de Carlos Geilson



Os comentários e textos não representam a opinião do portal; a responsabilidade pelo blog é do autor da mensagem.
Folha do Estado da Bahia
Desenvolvido por Tacitus Tecnologia