Em cima da hora:
Fechamento de autoescola vira caso de polícia em Presidente Prudente
-
  • Facebook
  • Twitter
  • Orkut
  • Feeds
  • Câmara de Feira de Santana abre concurso com salários de até R$ 2.100,00

    As inscrições foram abertas no dia 11 e vão até 27 de outubro. A prova será realizada em fevereiro de 2014
    14.10.2013 19h19m
    Recomendar

    A Câmara Municipal de Vereadores de Feira de Santana publicou abriu na sexta-feira passada, 11 de outubro, inscrições para o concurso público com o objetivo de selecionar profissionais para compor o quadro geral de servidores do município. O edital foi lançado pelo Instituto Nacional de Educação e Tecnologia Ideal Ltda, responsável pela realização das provas.
    O concurso vai oferecer 37 vagas em diversos cargos e os salários variam de R$ 834,33 a 2.100,00. Há vagas para redator de notícias, redator de debates, contador, procurador jurídico adjunto, analista de sistemas em rede, interprete de libras, fotógrafo, motorista, técnico de suporte em informática e auxiliar legislativo II/administrativo.
    As inscrições podem ser feitas no site do Instituto (CLIQUE AQUI E FAÇA LOGO A SUA) até o dia 27 de outubro. O concurso será realizada em 3 etapas: prova objetiva; prova de sanidade física e mental e prova prática. Só poderão concorrer as vagas candidatos com nível médio e nível superior.
    As provas serão realizadas no dia 09 de fevereiro de 2014. O edital completo você acessa aqui 



  • Adufs comemora Dia do Professor com debate e Quinta-encontros


    14.10.2013 15h32m
    Recomendar

    Amanhã, 15 de outubro, Dia do Professor, às 14h30, no Auditório do Módulo IV,acontece o debate sobre Universidade Pública, Crise e Consciência Social, com o professor Roberto LeherO docente é ex-diretor do Andes-SN, professor Titular da Faculdade de Educação e do Programa de Pós- Graduação em Educação da Ufrj, doutor em Educação pela USP e pesquisador do Cnpq. Na quinta (17), a partir das 17h, ao lado da Adufs, está prevista uma confraternização com boa música, comes e bebes e sorteio de brindes. A programação pretende marcar o Dia do Professor, cujo trabalho tem grande importância na construção do saber em suas múltiplas vertentes.

    O que há para se comemorar? Para os docentes da Educação Superior pública, o desafio cotidiano de enfrentar as políticas governamentais os tem levado de modo significativo ao adoecimento e a uma postura caracterizada pelo produtivismo e pela competitividade. Em um ambiente no qual, por definição, deveria prevalecer a solidariedade, a reflexão permanente sobre o fazer universidade e a valorização do seu trabalho, o que se tem visto, em muitos casos, é uma corrida por “pontuação”, uma indiferença sobre a natureza e a condição de realização do trabalho docente. Essa situação reflete a tentativa dos governos de submeter a Universidade, cada vez mais, à logica para que cumpra a mera função de auxiliar direta no processo de acumulação do capital. Com isso, o (a) professor(a) vem perdendo espaço quanto ao desenvolvimento de suas atividades de maneira autônoma, democrática, plural, com qualidade e socialmente referenciada.
    Apesar dos percalços, a diretoria da Adufs entende que há o que se comemorar. Para Elson Moura, “é necessário resistir às políticas governamentais e conquistar condições para que o exercício profissional seja, além de reconhecido socialmente, guiado pela possibilidade de produzir conhecimentos que apontem para uma sociedade igualitária, de formar profissionais-cidadãos, buscando atender às necessidades da população de maneira prazerosa e saudável. Lutar e festejar não se excluem, alimentam a esperança que nos move de ver a humanidade avançar em sua emancipação, em que o conhecimento seja um instrumento de realização de suas potencialidades e não um elemento da sua exploração e opressão”.
    É com essa perspectiva que a diretoria da Adufs convida os (as) colegas para o debate e a confraternização. É necessário refletir sobre a inserção da Universidade e do trabalho docente na conjuntura de crise do capitalismo e pensar o papel do professor na construção da consciência social. Do mesmo modo, é importante conversar e trocar ideias. Não é só de assembleias e greves que vive o Movimento Docente. Ele é porta voz de muito mais do que as reivindicações por melhores salários e mais verbas, pois representa também anseios e sonhos de uma vida melhor para a categoria e para a classe trabalhadora, da qual ela faz parte.
    Fonte: Ascom/Adufs



  • Idade escolar vira critério para ingressar no Minha Casa Minha Vida em Feira


    14.10.2013 11h00m
    Recomendar
    Idade escolar vira critério para ingressar no Minha Casa Minha Vida em Feira
    O novo critério foi anunciado pelo secretário de habitação do municipio, Sandro Ricardo do Espírito Santo

    "Maior quantidade de filhos em idade escolar" está entre os novos critérios estabelecidos exclusivamente pela Prefeitura Municipal de Feira de Santana, através da Secretaria de Habitação, para contemplar famílias que anseiam ingressar no programa federal Minha Casa Minha Vida no município.
    Com a inserção desse critério, Sandro Ricardo, secretário da pasta, dá um importante passo para promover inserção desses meninos e meninas na escola, uma vez que muitos deles vivem em situação de abandono pelas ruas da cidade. Por suas famílias não terem condições dignas de moradia, perambulam pelos becos e vielas e acabam se envolvendo em situações de conflito com a lei.
    É crescente, no município, o número de crianças e adolescentes em idade escolar envolvidas com a criminalidade e o tráfico de drogas. Infelizmente, a maioria deles não é apenas autora de violência, mas também vitima de um processo discriminatório já vive subjugada no submundo das periferias da nossa cidade.
    Priorizar suas famílias no acesso ao Programa é contribuir com minimização das desigualdades socais e consequentemente o ingresso desses seres no mundo do crime. Assim, nutrimos a esperança de que esse novo critério contribua para a efetivação do direito à educação e à saúde pública, gratuita e de qualidade, que por muito tempo (e ainda é assim em muitos casos) foi tão desprestigiado pelos poderes públicos constituídos.
     



  • Ex-governador Roberto Santos será empossado na Academia de Educação


    14.10.2013 09h07m
    Recomendar
    Ex-governador Roberto Santos será empossado na Academia de Educação
    Roberto Santos é ex-governador da Bahia

     No Dia do Professor, (15.10) durante a realização do Seminário sobre Qualidade da Educação Básica, acontecerá a posse do Governador e Professor Roberto Santos na condição de Acadêmico Correspondente e Membro Honorário da Academia de Educação de Feira de Santana. O evento acontecerá no teatro do CUCA, a partir das 8 horas, e a sessão solene da posse está prevista para 11 horas, dentro da programação do Seminário. O Seminário acontece todo ano no Dia do Professor, como uma forma de homenagear a Classe Docente, além de ser um momento de reflexão de temas voltados para a Qualidade da Educação Básica. Este ano o tema versará sobre “O Desafio de ler e escrever nos anos iniciais” e será abordado pelas expositoras: Professoras Maria Thereza Marcílio (Gestora Institucional daAVANTE e membro da Academia Baiana de Educação),  Ana Clara Lima (UEFS) e  Marilda Carneiro Santos (UEFS), sob a Coordenação da Acadêmica  Yara Maria Cunha Pires.
    Roberto Santos, médico e professor
    Filho de Edgard Rego dos Santos, o conhecido Edgard Santos,  e de Carmem Figueira Santos, formou-se em Medicina pela Universidade Federal da Bahia (UFBA)  em 1949 e já em 1951tornou-se professor titular daquela instituição.
    Nos EUA, especializou-se em clínica médica, em uma temporada nas universidades de Cornell, Michigan e Harvard (1950-1953); a seguir, foi à Grã-Bretanha, onde se especializou em medicina experimental pela Universidade de Cambridge (1954-1955).
    De volta ao Brasil, prosseguiu atuando na medicina e no ensino superior até ser nomeado secretário de Saúde do estado da Bahia, durante os primeiros meses do governo Luiz Viana Filho, cargo do qual abdicou ao ser nomeado reitor da UFBA (1967-1971), ocupando a mesma posição que anos antes fora exercida pelo prof. Edgard Santos, seu pai.
    Entre 1968 e 1972 foi presidente da Associação Brasileira de Educação Médica (ABEM) e presidente do Conselho Federal de Educação de 1971 a 1974, ocupando também um assento no Conselho de Ensino Superior das Repúblicas Americanas em Nova Iorque, de 1968 a 1975.
    Com informações da Ascom da Academia e da Wikipedia



  • "O brasileiro é um feriado"


    11.10.2013 18h46m
    Recomendar

    Na definição do escritor Nelson Rodrigues, "o brasileiro é um feriado". Por isso mesmo, quando a data cai em um sábado ou domingo, como o feriado de Nossa Senhora de Aparecida neste 12 de outubro, surgem diversas reclamações de quem desejava ter uma folga extra, mas para a indústria o calendário é positivo do ponto de vista econômico. Neste ano, o setor deixará de perder R$ 8 bilhões devido a paralisações em feriados que caem em dia de semana, segundo um levantamento da Federação das Indústrias do Estado do Rio de Janeiro (Firjan).

    As perdas neste ano devem ser de R$ 42,2 bilhões segundo a pesquisa, contra R$ 50,5 bilhões do ano passado. No ano passado, foram dois feriados nacionais a mais em dia de semana. No âmbito estadual, 24 dos 39 feriados cairão em dia útil em 2013, três a menos que em 2012.

    Oficialmente, o Brasil possui nove feriados nacionais e sete pontos facultativos, mas alguns destes, como a Terça-feira de Carnaval, já foram incorporados ao calendário de feriados oficiais. Com isso, o total de feriados sobe para 12. Há ainda 39 feriados estaduais.

    Mesmo os estados que possuem apenas um feriado em dia de semana têm prejuízo: 16 estados brasileiros com este calendário perderão 3,6% de seus PIBs industriais.

    Em seis estados não há nenhum feriado estadual em dia de semana: Minas Gerais, Santa Catarina, Pernambuco, Maranhão, Tocantins e Roraima.



  • Uefs prorroga prazo de inscrição no vestibular até terça-feira


    11.10.2013 18h26m
    Recomendar

    A Universidade Estadual de Feira de Santana (Uefs) prorrogou até as 18 horas de  terça-feira, 15 de outubro de 2013, o prazo de inscrição no vestibular 2014.1 (ProSel). O pagamento do boleto bancário poderá ser feito até o dia seguinte, quarta-feira (16).

    A inscrição deve ser feita exclusivamente pela Internet, através da home page www.uefs.br.

    O pró-reitor de Ensino de Graduação da Uefs, Rubens Pereira, revelou que a prorrogação vai ajudar, principalmente, candidatos que se inscreveram, mas que ainda não conseguiram efetuar o pagamento do boleto devido à greve dos bancários. Além disso, será dada oportunidade para outros que, por algum motivo, não conseguiram se inscrever.

    A Uefs oferece 1.006 vagas distribuídas em 28 cursos, inclusive Medicina, Farmácia e Licenciatura em Música, que têm a seleção realizada apenas uma vez ao ano. A novidade para este processo seletivo é a data de aplicação das provas, antecipada de janeiro para o período de 1º a 3 de dezembro de 2013.

    Para este vestibular, a Uefs ofereceu 3 mil isenções da taxa de inscrição, destinadas a estudantes egressos da rede pública. A relação dos candidatos beneficiados pelo programa está disponível na Internet, na página da Uefs.
    Fonte: ASCOM/UEFS



  • Semana Nacional pela Democratização da Comunicação deve intensificar luta por mudanças no setor

    Entre os dias 13 e 20 de outubro, será realizada mais uma Semana Nacional pela Democratização da Comunicação. As atividades devem fortalecer a mobilização em torno do PL da Mídia Democrática
    11.10.2013 17h50m
    Recomendar

    Dia 17 de outubro é o Dia Nacional de Luta pela Democratização da Comunicação. A data, comemorada desde o início dos anos 2000, está relacionada aoMedia Democracy Day, que, em diversos países, ocorre no dia 18 de outubro, em alusão à fundação da rede britânica BBC, considerada modelo de sistema público de comunicação.
    O dia escolhido para marcar essa luta, no Brasil, pode ter sido fruto de um equívoco. Mas, talvez por uma dessas artimanhas da história, a mudança acabou conferindo à comemoração brasileira um diferencial. Afinal, o mesmo 17 de outubro foi consagrado como o Dia Internacional pela Erradicação da Pobreza pela Organização das Nações Unidas (ONU). E o que comunicação tem a ver com pobreza? Tudo. O oligopólio dos meios de comunicação é um dos (re)produtores da concentração de poder político e econômico que marca nosso país.
    Apenas em 2012, o lucro líquido da Globo foi de R$ 2,94 bilhões, valor 36% maior do que o resultado do ano anterior, de R$ 2,16 bilhões, de acordo com balanço divulgado pela própria empresa. O montante é o sexto maior do Brasil entre empresas não financeiras. Fica atrás apenas da Petrobras, Vale, Telefônica/Vivo, Ambev e Cemig. E não só os números explicam a pobreza brasileira. A ausência de diversidade na mídia também produz pobreza ao invisibilizar as desigualdades sociais ou ao naturalizá-las. Isso para não falar na pobreza cultural dos programas de auditório repletos de estereótipos e de humor à base de opressão.

    Para dar à luta pela democratização da comunicação a dimensão que ela tem para a sociedade brasileira, desde 2003 tem sido articulada a Semana Nacional pela Democratização da Comunicação. A iniciativa busca unificar esforços de distintos grupos - estudantes, profissionais, sindicatos e organizações culturais - e fortalecer a luta por mudanças estruturais que sejam capazes de dar outro sentido aos meios de comunicação no país, fortalecendo a democracia, distribuindo renda e poder.
    Este ano, em que a sociedade civil está mobilizada em torno do Projeto de Iniciativa Popular de Lei da Mídia Democrática, a data ganha mais relevância. Movimentos sociais e organizações de vários estados irão às ruas, entre os dias 13 e 20 deste mês, fortalecer a luta por um novo marco regulatório das comunicações e ampliar a coleta de assinaturas em apoio ao Projeto de Lei. Integram a agenda de mobilizações: lançamentos do PL; Ato pela Internet Livre, em frente à VIVO/Telefônica, em São Paulo; debate com os relatores pela liberdade de expressão, Frank La Rue (ONU) e Catalina Botero (OEA), no Rio de Janeiro; além discussões sobre o direito à comunicação e à liberdade de expressão, lançamento de livros, passeatas e ações culturais.
    Fonte: Carta Capital
     
     



  • Trabalhador terá de fazer curso para receber seguro-desemprego pela 2ª vez


    11.10.2013 17h39m
    Recomendar

    O governo alterou uma das regras para a concessão de seguro-desemprego. O trabalhador que solicitar o benefício a partir da segunda vez, dentro de um período de dez anos, terá de fazer curso com o mínimo de 160 horas para receber o pagamento.
    Antes, o curso deveria ser feito a partir do terceiro pedido de seguro-desemprego no prazo de dez anos. A alteração está no Decreto n° 8.118 publicado na edição de nesta sexta-feira (11) do Diário Oficial da União.
    O curso, com o mínimo de 160 horas, deve ser de formação inicial e continuada ou de qualificação profissional. No ano passado, o Decreto n° 7.721, de 16 de abril, havia instituído a condicionalidade do curso.
    O seguro-desemprego é uma assistência financeira temporária a trabalhadores desempregados sem justa causa para auxiliá-los na manutenção e na busca de emprego e inclui ações integradas de orientação, recolocação e qualificação profissional.



  • Estudantes discutem Violência e gênero com a Polícia Militar


    09.10.2013 10h33m
    Recomendar

    O I Simpósio de gênero, sexualidade e homofobia realizado pelo Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia – IFBA - Campus Feira de Santana, contou com a presença de duas policiais femininas, Patrícia Sales e Fátima Farias, que juntamente com o advogado Leonardo e a árbitra de futebol Daniela Coutinho debateram durante Mesa Redonda questões relacionadas ao tema ‘Violência e gênero’.
    Mediada pela professora Vaneska Cunha, a Mesa reuniu jovens entre 16 a 21 anos, todos estudantes do IFBA, que tiveram a oportunidade dialogar sobre o papel profissional da mulher em uma sociedade machista, preconceituosa, homofóbica e violenta.
    No tocante à questão do papel da PM nesse contexto, as militares informaram que a polícia tem desenvolvido parceria com a comunidade e tem se tornado cada vez mais cidadã.  A soldado Patrícia Sales mostrou que nesse regime de parceria da PM com a comunidade, a comunicação torna-se um elemento importante. “Através da comunicação a gente pode resolver ou eliminar diversos problemas sejam eles preconceito, violência doméstica e muitos outros”, disse Sales.

    Já Fátima Farias considerou os questionamentos muito pertinentes, sobretudo no que tange à violência no lar. “Eles demonstraram-se interessados pela temática, mas o que preocupa é a maneira que muitos deles buscam para mediar o conflito familiar e por falta de experiência buscam apoio em amigos que, muitas vezes, apresentam as drogas como o caminho para encontrar solução”, disse a soldado. 
    Ao final, os estudantes fizeram diversas apresentações de coreografia, teatro e música.
     



  • Uefs anuncia retorno das aulas do UpT


    09.10.2013 00h10m
    Recomendar

    A coordenação do Projeto Universidade para Todos (UpT) dos espaços educativos administrados pela Universidade Estadual de Feira de Santana (Uefs) convoca estudantes, professores e monitores para o retorno imediato às atividades. O aviso diz respeito aos municípios de Feira de Santana, Anguera, Coração de Maria, Irará e Santa Bárbara. Para os próximos dias, além das aulas, estão previstas atividades como revisão e simulados, inclusive das provas do vestibular 2014.1 (ProSel) da Uefs, que serão aplicadas no período de 1º a 3 de dezembro de  2013. Resta saber se os estudantes ainda têm motivação parar recomeçar. 



  • Biblioteca Central promove Campanha de Doação de Livros e Revistas Infantis


    04.10.2013 19h36m
    Recomendar

    A Biblioteca Central Julieta Carteado (BCJC), localizada no campus da Universidade Estadual de Feira de Santana (Uefs), realiza, até 30 de novembro, a 3ª Campanha de Doação de Livros e Revistas Infantis. O objetivo é arrecadar material bibliográfico destinado ao público infantil que serão doados a bibliotecas comunitárias de Feira de Santana e da região que atendem crianças carentes.
       No campus da Uefs, os postos de arrecadação estão instalados na Biblioteca Central, Undec, Proex, Centro de Educação Básica, Sintest, Adufs, Protocolo, Briquedoteca e nos Departamentos de Educação, de Letras e Artes e de Ciências Humanas de Filosofia.
       Fora do campus, as doações podem ser feitas no Observatório Astronômico Antares, Cuca e Biblioteca Monteiro Lobato, localizada na Praça da Matriz.



  • Uefs divulga nova convocação do concurso 2010 e do Reda 2013


    04.10.2013 19h28m
    Recomendar

    A Universidade Estadual de Feira de Santana (Uefs) convoca mais oito aprovados no concurso público 2010 para provimento de vagas do quadro permanente dos servidores técnicos administrativos. Também são convocados mais dois aprovados no processo seletivo simplificado 2013 para contratação de pessoal através do Reda.
    Os convocados no concurso público 2010 são: Maria Iracema Portugal Bastos (analista, área Economia), Tatiana Novaes Amaral Santos e Janielle Nogueira de O. Carneiro (analista, área Serviço Social), Cassia Araújo das Neves, Adimilson Fagundes dos Santos, Aline Carneiro Melo e Rafael Azevedo dos Santos (técnico, Administração), Thaity Amanda Andrade Patriarca (técnico, Editoração, Design, Arte Final, Gráfica).
    O processo seletivo através do Reda convoca os aprovados Tarcisio Ramos de Lima (técnico/auxiliar de torneiro mecânico) e Márcia Cristina dos Santos Santana Silva (educadora para creche).
    Os convocados no concurso público 2010 devem entregar os documentos exigidos em edital no período de 7 de outubro a 5 de novembro de 2013, das 9 às 11h e das 15 às 17h, na Gerência de Recursos Humanos, prédio da Administração Central da Uefs, Campus Universitário.
    Os convocados através do Reda devem entregar os documentos exigidos em edital nos mesmos horário e local, no período de 14 a 18 de outubro 2013.
    O aviso de convocação e a relação dos documentos exigidos estão disponíveis no portal www.uefs.br, na seção Notícias e também em Editais.
    Outras informações na Gerência de Recursos Humanos da Uefs, localizada no prédio da Administração Central, campus universitário, ou através do telefone (75) 3161-8239. Acesse o link e veja a relação completa http://www.uefs.br/portal/noticias/2012/nova-convocao-concurso-publico-2010-e-reda-2013 Fonte: Ascom/Uefs



Os comentários e textos não representam a opinião do portal; a responsabilidade pelo blog é do autor da mensagem.
Folha do Estado da Bahia
Desenvolvido por Tacitus Tecnologia