Em cima da hora:
Fechamento de autoescola vira caso de polícia em Presidente Prudente
-
  • Facebook
  • Twitter
  • Orkut
  • Feeds
  • Lançado portal que vai ajudar gestão das redes municipais de educação


    31.01.2013 17h08m
    Recomendar

    As mais de 5,5 mil secretarias municipais de Educação do país contam agora com uma ferramenta virtual para apoiá-las a aprimorar a gestão, o portal Conviva Educação, lançado hoje (31) em Brasília por um conjunto de 11 instituições. O ambiente virtual agrupa informações para os gestores de educação de acordo com três eixos: gestão, formação e fórum.

    Cada Secretaria de Educação poderá cadastrar dez usuários que terão acesso a conteúdos com orientação sobre temas como alimentação e transporte escolar, material pedagógico, serviços públicos e gestão orçamentária e suprimentos. Os usuários poderão inserir dados sobre seu município e obter relatórios com diagnóstico para auxiliar na construção de planos de ação.
    site tem também espaço para um fórum de discussões e, em uma segunda etapa, vai oferecer cursos. Os secretários estaduais de Educação também podem se inscrever no site, embora os conteúdos estejam mais direcionados para a gestão municipal. A administração do Conviva é da Undime e o endereço eletrônico é www.convivaeducacao.org.br.
    Fonte: Agência Brasil



  • Começam inscrições para o concurso da Polícia Civil


    29.01.2013 17h20m
    Recomendar

    As inscrições para o concurso público destinado ao provimento de 600 vagas no quadro da Polícia Civil da Bahia começaram nesta terça-feira (29). Realizada pela Secretaria da Administração do Estado da Bahia (Saeb), a seleção oferece 100 vagas para delegado, 100 para escrivão e 400 para investigador.

    Os candidatos podem realizar as inscrições no site da organizadora do certame, o Centro de Seleção e de Promoção de Eventos da Universidade de Brasília - Cespe/UnB. A taxa de inscrição para o cargo de delegado é no valor de R$ 150 e, para as demais funções, o custo será de R$ 120. As inscrições serão encerradas no dia 19 de fevereiro.

    Para concorrer a uma vaga de delegado, o candidato deve ser diplomado em Direito, enquanto para escrivão e para investigador, é preciso ter diploma de curso de nível superior. Além disso, quem for disputar a vaga de investigador deve ter Carteira Nacional de Habilitação (CNH) válida, categoria “B”, no mínimo.

    A remuneração para o cargo de delegado em início de carreira pode chegar a R$ 9.155,28, incluindo vencimento básico, Gratificação de Atividade Jurídica (GAJ) e vantagens relativas à jornada de trabalho de 40 horas semanais. Para os cargos de escrivão e investigador a remuneração inicial, formada por vencimento, Gratificação de Atividade de Polícia Judiciária (GAPJ) e vantagens para 40 horas, chega a R$ 2.665,91. A jornada mínima para as carreiras é de 30 horas.

    As provas objetivas e discursiva, de caráter eliminatório e classificatório, serão realizadas em Salvador, Barreiras, Itabuna, Juazeiro e Vitória da Conquista. O edital do concurso prevê ainda, sob responsabilidade do Cespe/UnB, mais três etapas eliminatórias: teste de aptidão física, exame biomédico e exame psicotécnico, além da avaliação de títulos, de caráter classificatório. A investigação social e de conduta pessoal, também de caráter eliminatório, será feita pela Polícia Civil e pela Saeb.

    Com este concurso, o Estado avança na renovação do quadro de pessoal via concurso público. Desde 2007, a atual gestão já contratou mais de 28 mil novos servidores públicos, com prioridade para as áreas diretamente voltadas para o desenvolvimento das políticas públicas de Saúde, Segurança e Educação.



  • Escolas não podem aplicar sanções pedagógicas por inadimplência


    28.01.2013 17h55m
    Recomendar

    Apesar de uma série de decisões judiciais que puniram estabelecimentos de ensino por aplicar sanções pedagógicas por conta de inadimplência, ainda são frequentes os desentendimentos entre pais e escolas, em relação ao assunto. O presidente da Associação dos Consumidores da Bahia (ACEBA), Nivaldo Cruz, observa que a situação mais comum são atitudes tomadas pelas escolas como a retenção de documentos, a fim de inviabilizar a transferência do aluno com mensalidades atrasadas.

    Cruz ainda observa que as escolas têm uma série de expedientes para compelir os pais inadimplentes sem prejudicar o aluno, sendo o mais comum a negativação do nome dos pais ou responsáveis nos mecanismos de proteção ao crédito, ou através de ação de cobrança. “Tendo isso em consideração, a recorrência das punições pedagógicas é algo que surpreende, pois as escolas podem ser acionadas judicialmente por danos morais caso insistam na prática. É preciso ainda que os pais estejam atentos ao fato que de que a legislação proíbe o cancelamento da matrícula do aluno em débito antes do final do ano letivo”, pondera Cruz.

    Outra constante fonte de entraves entre pais e escolas é a compra de material de expediente – nesta categoria entra tudo o que não for material didático, como os kits de fardamento e itens de papelaria. “As escolas não podem exigir que os pais comprem todo o material de expediente de uma vez, no início do ano. Nestes casos, é possível dividir a aquisição dos produtos entre o primeiro e o segundo semestre”, destaca Cruz.

    A ACEBA ainda instrui os pais a comprarem apenas o material necessário ao uso individual do aluno, portanto, estão fora da lista de compras de início de ano itens como material de limpeza e demais itens de uso coletivo. Outra constante fonte de preocupação é o transporte escolar. “Os pais devem solicitar à escola documentação comprobatória da inscrição do veículo na prefeitura, além de checar se o condutor é devidamente habilitado”, considera Cruz.

    A ACEBA é uma instituição civil sem fins lucrativos, que conta 15 anos de história e se destaca na defesa do consumidor baiano, bem como na implementação de iniciativas que visam conscientizar as pessoas em relação aos seus direitos nas relações de consumo. A associação conta com 10 mil associados em Salvador e nos municípios de Feira de Santana e Itabuna.



  • Vestibular Uefs: Candidatos excluídos


    28.01.2013 17h34m
    Recomendar

     

    Alguns candidatos foram surpreendidos com aparelhos eletrônicos, em especial telefones celulares, e foram excluídos do processo seletivo. Mesmo assim, dados da coordenação do vestibular indicam que, nos dois dias de provas, apenas nove estudantes foram flagrados nesta situação, número inferior ao de outros processos seletivos.

    Nesta segunda-feira, os candidatos foram submetidos às provas de Matemática, História e Geografia. Matheus da Silva Ribeiro, de Feira de Santana, concorre a uma vaga de Medicina e considerou Matemática a prova mais difícil até o momento. “A concorrência é muito grande, mas estou confiante”, disse. Vanessa Barbosa Gomes, 17 anos, de Cruz das Almas, BA, também quer cursar Medicina. Ela disse que a prova de Matemática “foi complicada”, mas acredita que, no geral, está tendo um bom desempenho.

    O vestibular da Uefs será encerrado nesta terça-feira (29) com as provas de Física, Química e Biologia.

    Fonte: Ascom


  • Prova de Redação faz o candidato refletir sobre o crescimento das cidades


    28.01.2013 00h37m
    Recomendar

     

    Tendo como tema central o crescimento das cidades e suas implicações, a exemplo da atração das massas para os centros de potencial econômico, a prova de Redação do vestibular 2013.1 (ProSel) da Universidade Estadual de Feira de Santana (Uefs), aplicada neste domingo (27), fez os candidatos refletirem sobre a necessidade de planejamento dos municípios. Foi o que disse o estudante Fernando Almeida Gonçalves, 19 anos,de Salvador, que disputa uma vaga para o curso de Engenharia Civil.

       Fernando Gonçalves chamou a atenção para as consequências do crescimento desordenado das cidades, o que, conforme analisa, causa problemas para todos os cidadãos, como a quantidade de veículos que circulam e engarrafam o trânsito e a procura pelo serviço público de saúde, “gerando filas nos hospitais”.

    Para Tais Pereira, 17 anos, de Feira de Santana, o tema da Redação foi atual e relevante “e nos faz pensar sobre o bem-estar da comunidade”. Embora confiante em ser aprovadaela ressalta a concorrência, de 132 para um, comouma das principais dificuldades para garantir uma vaga em Medicina.

       Thiago Gabriel Brito, 18 anos, de Salvador, também pretende cursar Medicina. Acreditando ter feito uma boaredação, ele afirmou que escolheu a Uefs “por ser uma universidade renomada e por oferecer um curso que, apesar de relativamente novo, goza de prestigio em todo o país”.

    Fonte: UEFS



  • Projeto abre acesso ao Prouni a alunos de escolas particulares


    24.01.2013 15h05m
    Recomendar

     

    Estudantes pobres que, mesmo sem bolsa integral, tenham estudado em escolas privadas podem passar a ter direito de participar do ProuniÉ o que sugere projeto que altera dispositivo da Lei 11.096, de 13 de janeiro de 2005, que Institui o Programa Universidade para Todos (Prouni), para permitir o acesso a estudantes de baixa renda que tenham cursado o ensino médio em instituições privadas.

    Pelas regras vigentes, para participar do Prouni, o candidato não pode ultrapassar a renda de três salários mínimos por integrante da família, além de ter estudado o ensino médio em escolas públicas ou em instituições particulares com bolsa integral. Nesta quinta-feira (17), o programa abriu as inscrições de 2013 para mais de 144 mil vagas.

    A proposta do PLS (159/2012), do senador Fernando Collor (PTB-AL), é garantir acesso ao programa também a estudantes de baixa renda que, “em função da falta de escola pública, ou de sua falta de qualidade, com esforço de suas famílias, ajuda de benfeitores, ou outra circunstância qualquer, em algum momento, e por algum período conseguem buscar na escola particular a educação de qualidade que o Estado não lhes proporciona”.

    No texto, Collor defende a “correção de uma injustiça” que seria “negar a uma parcela de brasileiros o acesso a um bem público”. Para o senador, democratizar o ingresso da população de baixa renda ao ensino superior é ampliar os critérios de concessão do benefício permitindo a inclusão desses estudantes.



  • UFRB divulga processo seletivo para contratação de professor


    24.01.2013 14h22m
    Recomendar

    A Universidade Federal do Recôncavo da Bahia torna público o processo seletivo para contratação de docentes por tempo determinado do Centro de Ciências da Saúde (CCS), através do Edital Interno CCS Nº001/2013. As inscrições abertas nesta quarta-feira, 23, seguem até dia 31 de janeiro

    Para se candidatar, os interessados às quatro vagas oferecida pelo CCS devem requerer sua inscrição no Protocolo do Centro de Ciências da Saúde, campus de Santo Antônio de Jesus, de forma presencial ou através de procuração, no período de 08h30 às 11h30 e de 14h às 16h30, apresentando o comprovante de pagamento da taxa de inscrição, no valor de R$ 60. Graduação em psicologia e enfermagem é o requisito mínimo para participar.

    O processo seletivo constará de três etapas distintas: a) análise de currículo, com peso dois; b) prova didática, com peso cinco e; c) entrevista, com peso três. As provas serão realizadas nos dias 04 e 05 de fevereiro de 2013.

    Confira o Requerimento de inscriçãoDeclaração de Ausência de Impedimentos e a Retificação Nº 01 do Edital CCS Nº 001/2013



  • Secretário garante pagamento do 1/3 de férias


    23.01.2013 16h57m
    Recomendar

    Em matéria publicada hoje pela Secom, o secretário da Administração, João Marinho Gomes Júnior, garantiu que o valor referente a 1/3 das férias de cerca de 1.600 professores da rede municipal de ensino será pago ainda este mês. Apesar de garantir o pagamento, o secretário Marinho não precisou o dia exato que o valor será depositado na conta dos professores prejudicados. No entanto, a categoria espera que até sexta-feiradia 25, a situação esteja normalizada, pois é nessa data que a prefeitura efetua o pagamento dos seus servidores



  • Estado prorroga inscrições para cursos técnicos


    23.01.2013 12h49m
    Recomendar

    A Secretaria da Educação do Estado da Bahia prorrogou até a próxima segunda-feira (28) as inscrições para o sorteio eletrônico dos cursos técnicos de nível médio na rede pública estadual. Serão oferecidas 11.040 vagas para os Centros Territorias e Centros Estaduais de Educação Profissional na capital e interior.

    Podem se inscrever apenas pessoas que concluíram o ensino médio em escola pública até o ano de 2012, e que são domiciliadas no estado da Bahia, querem voltar a estudar e fazer um curso técnico de nível médio. As inscrições são feitas, exclusivamente, no Portal da Educação.

    Estão sendo oferecidas vagas de 12 eixos tecnológicos. São 51 cursos técnicos, como por exemplo, administração, agroindústria, agroecologia, arte dramática, biotecnologia, cuidados de idosos, desenho em construção civil, eletrotécnica, edificações, logística, comércio, cooperativismo, informática, enfermagem, eletrotécnica, farmácia, meio ambiente, mecânica, manutenção automotiva, nutrição e dietética, programação de jogos digitais, petroquímica, petróleo e gás, produção de moda, secretariado, serviços públicos e segurança do trabalho.

    Fonte: Agecom



  • Ministério da Saúde oferece curso gratuito para farmacêuticos

    Profissionais do SUS e docentes de instituições públicas podem se inscrever até o dia 31 deste mês. Aulas são presenciais, e contam com simulações práticas
    23.01.2013 12h40m
    Recomendar

    Os farmacêuticos do Sistema Único de Saúde (SUS) e de instituições públicas de ensino superior poderão expandir seus conhecimentos em Assistência Farmacêutica. O Ministério da Saúde em parceria com o Centro de Simulação Realística do Instituto Israelita de Ensino e Pesquisa do Hospital Albert Einstein oferecem uma capacitação gratuita nessa área. As inscrições para concorrer a uma das 320 vagas podem ser realizadas até o dia 31 de janeiro, por meio do site http://formsus.datasus.gov.br/site/formulario.php?id_aplicacao=10152



  • ‘Brasil será exemplo de educação’, aposta Khan


    21.01.2013 15h50m
    Recomendar
    ‘Brasil será exemplo de educação’, aposta Khan
    Salman Khan visitou o Brasil nesta semana a convite da Fundação Lemann. Foto: Clayton de Souza/ESTADÃO

    O ex-analista de fundos de investimento e hoje um dos educadores mais populares do mundo, Salman Khan, visitou o Brasil nesta semana e se impressionou com a “energia”. Em menos de um dia, engatou conversas com a presidente Dilma Roussef, o ministro Aloízio Mercadante, da Educação, e fechou uma parceria de R$ 10 milhões com a fundação que leva o sobrenome do homem mais rico do Brasil, Jorge Paulo Lemann. A organização sem fins lucrativos recebeu cerca de US$ 2 milhões do Google e US$ 1,5 milhões da fundação de Bill Gates.

    Dilma o convidou a produzir videosaula para ensino básico, focando em alfabetização, mas Khan declinou justificando que não teria como produzir o conteúdo de imediato, mas levaria algo em torno de sete anos. Mercadante comentou sobre os planos para o que chama de Universidade Livre, um repositório digital de aulas compartilhado entre as 59 instituições federais de ensino superior do País, e disse que as aulas da Khan Academy estarão acessíveis nos 600 mil tablets Android distribuídos pelo MEC a professores de ensino médiocomo o app da Khan Academy está disponível para iOS, o professor terá de acessar os sites do MEC ou da Khan para assistir às aulas, pelo navegador.

    “A sensação é de que aqui vocês querem que as coisas aconteçam rapidamente”, disse Khan durante palestra, no Museu de Imagem e Som, em São Paulo. “Nos próximos cinco ou dez anos, tenho certeza, o Brasil será um exemplo de educação para o resto do mundo.”

    Fonte: Estadão

     

     
     


  • Estudantes com deficiência terão prioridade nas escolas estaduais


    16.01.2013 16h36m
    Recomendar

    Pessoas com com deficiência física, mental ou sensorial terão prioridade de vaga em escola pública que seja localizada mais próxima da sua residência. Existindo dois ou mais estabelecimentos de ensino considerados próximos, poderá a pessoa optar por qualquer uma das instituições, conforme está estabelecido no projeto de lei do democrata Paulo Azi. No documento, aprovado pela Casa, fica determinado que, "para efeito desta Lei, serão deficiências todas aquelas classificadas pela Organização Mundial de Saúde e que necessitem de assistência especial, decorrentes de problemas visuais, auditivos, mentais, motores ou formação congênita". Pela proposta do parlamentar, as deficiências dos estudantes beneficiados em questão serão comprovadas através de laudo médico fornecido por instituições médico-hospitalares públicas e competentes para prestar tal comprovação. Nos estabelecimentos de ensino cujo ingresso dependa de teste seletivo, ficarão os abrangidos por essa lei isentos de realização do mesmo e estarão excluídos da prioridade fixada na lei os estabelecimentos de ensino que não possuam as condições necessárias para educação de portadores de deficiência mental e sensorial. RECONHECIMENTO Na opinião de Paulo Azi, "trata-se de afirmação óbvia dizer que os deficientes físicos passam por dificuldades para se locomover, tanto por conta própria, como utilizando o transporte coletivo. Portanto, nada mais justo do que a Assembleia Legislativa reconhecer esta questão e promover tanto a acessibilidade quanto a educação dos deficientes, principalmente os jovens". Sendo assim, completa o democrata, "surge como possibilidade viável e solucionadora de diversos problemas a reserva de vagas prioritárias para os deficientes em escolas próximas às suas respectivas residências, conciliando o fomento à educação com a promoção de medidas que visam minimizar os efeitos das limitações que atingem os deficientes em nossa sociedade". Pelo projeto de lei, é considerado como estabelecimento mais próximo "aquele cuja distância da residência seja menor ou que seja mais fácil seu acesso por meio de transporte coletivo".

    Fonte: Ascom/ALBA



Os comentários e textos não representam a opinião do portal; a responsabilidade pelo blog é do autor da mensagem.
Folha do Estado da Bahia
Desenvolvido por Tacitus Tecnologia